Foco e Escopo

 A Revista Castro Alves é um periódico eletrônico e de acesso livre publicado pelo Faculdade de Educação e Tecnologia Iracema  (FAETI),  atendendo a professores, pesquisadores, pós-graduandos e graduandos, e profissionais que atuam nas áreas de Educação, Tecnologias e Gestão. Seu objetivo é contribuir para a divulgação e disseminação de conhecimentos nas áreas de Educação, Tecnologias e Gestão na forma de artigos científicos, combinando atributos como, elevado padrão acadêmico e real valor prático para o desenvolvimento da sociedade.

Os artigos candidatos à Revista Castro Alves devem apresentar contribuição ao estado-da-arte e real valor prático; deve tratar de um tema relevante; a fundamentação conceitual deve ser atual e refletir o avanço do conhecimento do campo de pesquisa em que o artigo se insere; o método científico deve ser adequado e pormenorizado, permitindo replicações futuras da pesquisa; e as análises e conclusões devem ser claras, sistematizadas e alinhadas ao objetivo proposto. Nas conclusões, a contribuição do artigo deve ser enfatizada.

O idioma adotado é o Português (Brasil), mas deve-se incluir título, resumo e palavras-chave em inglês. Artigos integralmente em Inglês são bem-vindos, desde que anteriormente submetidos à revisão textual por English Native Speaker.

A Revista Castro Alves publica quatro números por ano, trimestralmente. A cada número são publicados até 12 artigos.

Politicas de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Politicas de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Processo de Avaliação pelos Pares

 Cada artigo submetido à Revista Castro Alves é avaliado inicialmente pelo Editor-Chefe e, se for considerado aderente à revista e isento de plágio,  então, enviado para dois revisores independentes para revisão double blind review. Com base nas recomendações, bem como a eventual consulta a membros do Comitê Editorial, decide-se se o artigo deve ser “Aceito na Versão Atual”, “Revisado” ou “Rejeitado”. Um artigo com duas sugestões de Rejeição será reprovado e arquivado. Um artigo com duas recomendações “Aceito na Versão Atual” será aceito em definitivo. Um artigo que receber recomendação de Revisão, será retornado aos autores para Revisão. Artigos que devem ser Revisados, deverão ser re-submetidos com um Relatório de Alterações/Carta aos Revisores, conforme modelo disponível no site da Revista Castro Alves.

Etapas do Processo de Avaliação

1 – Verificação se está no escopo da revista;

2 – Verificação de originalidade e prevenção de plágio;

3 – Verificação dos documentos;

4 – Verificação da estrutura do artigo;

5 – Indicação de dois revisores;

6 – Aguardo da confirmação de aceitação de avaliação pelos revisores;

7 – Avaliação do artigo;

8 – Follow up de avaliação do artigo;

9 – Recepção das recomendações dos revisores;

10 – Apreciação das recomendações dos revisores pelo Editor;

11 – Decisão editorial (aceitar do jeito que está, solicitar revisão, ou rejeitar);

12 – Encaminha decisão editorial aos autores;

13 – Se o artigo obteve como recomendação editorial “revisão maior”, então, o autor requer fazer correções obrigatórias para o artigo ser reavaliado pelos revisores (há um formulário próprio para facilitar a comunicação entre autor e os revisores). Se o artigo obteve como recomendação editorial “revisão menor”, o autor requer fazer correções obrigatórias para o artigo ser reavaliado pelo Editor ou por um membro do Comitê Editorial. Se o artigo obteve como recomendação editorial “aceitar sem necessidade de revisão”, o artigo está aprovado e encerra-se o processo de avaliação. Se o artigo obteve como recomendação editorial “rejeitar”, o artigo está reprovado e será arquivado;

14 – Nova rodada de avaliação do artigo, se a recomendação foi “revisão maior”; ou, apreciação pelo Editor, mediante potencial consulta a membro do Comitê Editorial, se a recomendação foi “revisão menor”;

15 – Decisão editorial final.